Saturday, October 28, 2006

Sleeping


3...2...1... Agora!

- Estás em transe, nada fará sentido a partir de agora, foi-te oferecido um mundo por ti escolhido, desenhado…aperfeiçoado aos teus caprichos (menina caprichosa que és…).
É tudo teu aqui, os teus sonhos são agora a tua mais íntima realidade. Não abrirás mais os olhos…
Desejo concedido!

- Quero ficar assim para sempre, de olhos fechados, num sono profundo onde tudo foi imaginado por mim nas horas vagas…
Vou ser feliz agora, calaram-se por fim as vozes atrás das cortinas, tudo se desenrola por detrás dessas estúpidas cortinas…
Estou no palco agora, a plateia não existe, vou representar só para mim, falar a minha língua, cobrir-me de nada, vou desenhar-te no ar com lápis de cera coloridos


Finalmente, a hora da actuação…


“Já não te vejo há um dia para mim pareceu-me um mês
Já te disse o que sentia agora é a tua vez
Deixa-me voar quero sair daqui”



foto cedida por: http://www.fotolog.com/piriliiim
/eu propria

10 comments:

Té § [Pi]menta =) said...

"vou desenhar-te no ar com lápis de cera coloridos…"
:) q bonito! :) gostei do post de hoje, a imagem ta' muito terna e o texto mto bem escrito! as horas de sono para mim são sagradas! :) e os sonhos, esses... ficam na gaveta das coisas por realizar!(ou não!;)) bjo*

O pensador said...

adorei o post a foto, tudo...e a frase final sublime...não te equeças de me convidar pra peça adorava ve-lanem que fosse de uma cantinho, pode ser?poque actuar apenas para ti tem a sua piada mas não para sempre;)
bjooo

Stranger à la carte said...

ola....ainda n tive tempo pa t ler...mas postei de novo hj...vai la blogar q t compenso depois :))

bj

dreams said...

nos sonhos podemos ter quem amamos...
seria tão simples...

um beijo doce * com carinho
“·.¸Dreams¸.·”

Rita said...

só para que saibas que fiquei aqui montes de tempo a deliciar-me com a musica e com a alegria do texto (ou tua,como preferires).
nao me atrevo a comentar,é tão teu...
um beijo na testa*

}}cleopatra{{ said...

Como diz ali a Rita... este texto é tão teu!...
Um sonho é sempre um sonho, e se for pintado com lápis de cera coloridos... fica lindíssimo!!

Gostei mesmo do teu texto.

Um beijo soprado

O pensador said...

estou no cantinho a ver-te;)beijo...

.*.Magia.*. said...

Olá!
Comprei bilhete para o camarote...
E tu saíste voando, menina caprinhosa que és...

pequenita (quando o teu corpo e o meu) said...

Cuerpo de mujer, blancas colinas, muslos blancos,
te pareces al mundo en tu actitud de entrega.
Mi cuerpo de labriego salvaje te socava
y hace saltar el hijo del fondo de la tierra.

Fui solo como un túnel. De mí huían los pájaros
y en mí la noche entraba su invasión poderosa.
Para sobrevivirme te forjé como un arma,
como una flecha en mi arco, como una piedra en mi honda.

Pero cae la hora de la venganza, y te amo.
Cuerpo de piel, de musgo, de leche ávida y firme.
¡Ah los vasos del pecho! ¡Ah los ojos de ausencia!
¡Ah las rosas del pubis! ¡Ah tu voz lenta y triste!

Cuerpo de mujer mía, persistiré en tu gracia.
Mi sed, mi ansia si límite, mi camino indeciso!
Oscuros cauces donde la sed eterna sigue,
y la fatiga sigue, y el dolor infinito.

Boa Semana
besitossss by pequenita

marujinha1 said...

olá. Li o teu perfil e uma frase chamou-me a atenção. "Sou aquilo que sou".
Quanto a mim, isso é o maior dom de uma pessoa.

Jinhos da Marujinha