Thursday, July 24, 2014

Quase 3 meses do Babyboy

Aqui o meu gorducho faz 3 meses na próxima 2ª feira, como e possível? É um grandeeee cliché dizer que o tempo passa rápido, mas passa, ui se passa! Estava eu há meia dúzia de dias completamente farta de estar grávida, a imaginá-lo cá fora e como iria mimá-lo tanto e agora aqui o mr. crescido já se rir que nem um perdido, já me arranca dezenas de cabelos, já tem manhas para vir ao colo e já ocupa a nossa vida por completo, aliás, caso para perguntar como era antes do Gui? É que eu não me lembro, parece que ele sempre este aqui em casa, que sempre fomos nós os 3 porque só assim faz sentido.

Dizer que me apaixono a cada dia é dizer pouco. Lamento desiludir toda a gente e todas a mães defensoras acérrimas de todas as parolices maternais, nada contra, mas não só não apreciei particularmente a gravidez (sim porque há coisas más sobre isso que ninguém fala) como não considero o dia do parto o dia mais feliz da minha vida! Claro que é um dos marcos mais importantes, mudou por completo quem eu sou e como vivo os meus dias. O Guilherme é a extensão de mim, só que a mais importante, a principal, aquela que tem prioridade sobre tudo e todos...sou eu, somos indissociáveis. O dia do parto (e os dias que se seguiram) foram dias felizes, mas que me causaram estranheza, desconfortos, medos, dúvidas... O dia mais feliz da minha vida qual é? São todos estes agora, é acordar e sorrir de imediato porque não há razão melhor para saltar da cama com toda a energia (mesmo tendo dormido 6 horas com intervalos de 30min para dar de mamar). Todos os dias olho para o meu filho e penso como pode ser possível gostar ainda mais dele do que na semana anterior...é um amor que se conquista também, podemos amar de forma incondicional mal nos colocam o ser minúsculo no peito, mas depois esse amor vai assumindo formas novas todos os dias, vamos conhecendo a personalidade dele e aquilo que sentimos parece aumentar a um nível desconhecido.

3 meses depois não podia estar mais feliz. Não olho para trás, por enquanto não sinto saudades de estar grávida, nem do Gui com 51cm, adoro o momento que estou a viver agora, esta está a ser a melhor fase enquanto mãe. Os nossos dias são absolutamente maravilhosos. Acordamos por volta das 7h com o Gui a barafustar (manhoso já sabe) e decretámos que esse bocadinho seria passado na cama com os papás (não me venham com teorias de que eles se habituam bla bla bla porque um dia vou desejar tanto que ele ainda queira fazê-lo e ele não vai querer), ficamos eu e o pai a dar mimos e ele adormece novamente todo satisfeito até às 8h, hora em que o pai toma banho e eu dor de mamar ao pequeno esfomeado. Depois o pai faz questão de o meter a arrotar e preparamos o pequeno-almoço que tomamos todos juntos, o Gui senta-se na cadeirinha da Chicco que agradecemos tanto ter comprado, é cadeira da papa e espreguiçadeira e apesar de não servir o propósito de espreguiçadeira, como deita ele fica à mesa e adora, é vê-lo rir como um doido.
Depois o pai vai para o trabalho e ficamos os dois a brincar no chão da sala ou no sofá até ele dar sinais de sono...às vezes vamos dar um passeio à rua, outras adormece no sofá e dorme a mini sesta da manhã. Ele não é muito de dormir, dorme pouco e não dorme sem mim, se saio da sala, passados uns 15min o rapaz reclama.

Depois não há regras, vamos vivendo o dia, uns dias ele brinca imenso, uns dias dorme, uns dias refila, uns dias quer só colo, outros aguenta-se na espreguiçadeira ou no ginásio...uns dias passeamos e ele fica todo contente...enfim, todos os dias são diferentes.

à noite temos mais rotinas, um de nós prepara o jantar e quando vamos jantar ele normalmente tá na hora da birra como eu carinhosamente lhe chamo, fica mais chatito e quer colo mas vai-se aguentando...depois é hora do pai brincar com ele e preparamos o banho que é dado lá para as 22h30, às 23h tá na cama e raramente reclama ou chora, adormece a arrotar e fica a dormir até por volta das 4h, 5h na loucura, mama e volta a dormitar até as 6h30, 7h.

Tudo isto muda várias vezes, pode até ter noites em que dorme apenas 3 horas, we never know, mas vamos vivendo e aprendendo os 3 :)

é essa a maravilha de sermos uma família, pensamos a 3, vivemos tudo a 3, e o Gui está a adaptar-se a nós e nós a ele e é fantástico. A ver pelo sorriso dele, parece-me tão feliz quanto nós :D




4 comments:

Ju said...

Olha, temos notícias do Gui :)Que bom!!!
Está tão grande :)

Beijinhos

Evy Percebes said...

Já tinha saudades vossas!! O Gui é lindo e muito fofinho! Beijinhos grandes

PinUp Me said...

Ele é tão lindo!!!!!

Maria said...

Tão querido!