Friday, June 15, 2007

Desejo Instintivo


Estão a bater à porta.

Silêncio. Daqueles silêncios que fazem um eco em nós. Um silêncio que nos incomoda ao ponto de sentirmos uma vontade quase incontrolável de gritar até perder a voz. Ficamos sem saber para onde olhar. Deixamos de conseguir pensar sequer, o silêncio ocupa todo o nosso ser, transborda-(nos). Fico louca assim. Não consigo ouvir nada à minha volta, apenas o som do silêncio...e esse é o pior dos sons. É o mais capaz de nos levar até à insanidade.
Sei que vou endoidecer aqui. Suplico a mim mesma por um grito. Abraço-me e deito-me comigo mesma no mais instintivo dos desejos. Fecho os olhos. Espero que este silêncio desapareça. Imploro por um som teu. Consegues curar-me. Quebra o silêncio.

- Quem é?

(...)




This broken wheel is coming undone
and the road's exploding
but you're keeping me strong
rolling along with you
love is a tower,
and you're the key
leading me higher,
when you let me in
keeping us close (so close) oh,
on down the line

sometimes i burn like a dot on the sun
with no one knowing
but you're keeping me strong
moving along with you

you are a tower,
of strength to me
the darkening hour,
sees light again
again...
ooh wah, ooh wah, ooh wah, ooh wah
you are,
you are, you are, you are
you are...
love is a tower, of strength to me i am the shoreline,
but you're the sea
the sea you are,
you are...

...

You Are- Pearl Jam


/eu própria

2 comments:

Pedro Lopes said...

=S

texto estranho =s

Catia said...

o silêncio por vezes pesa. só quero que te lembres que não há apenas uma só voz capaz de quebrá-lo. sei que me entendes ;)

gostei muito do texto****